Se você quer saber sobre como cancelar a reserva, encontrará o passo a passo em “O que devo fazer caso precise cancelar minha reserva?". Mas se tiver dúvidas sobre como o procedimento de cancelamento acontece e suas condições, continue lendo!

 

Se você pagou sua reserva online no site da Rentcars e solicitou o cancelamento, o valor será estornado pela mesma forma em que foi pago. Ou seja, se o pagamento foi em cartão de crédito, o estorno ocorrerá no mesmo cartão. Caso o pagamento tenha sido em boleto ou Shopline, o reembolso ocorrerá via depósito bancário. Para informar a agência e conta a ser creditado o dinheiro, entre em contato com a nossa central de atendimento.


Independente da forma de pagamento, você receberá o estorno em até 20 dias*, contados a partir da efetivação do cancelamento da reserva.

 

Reservas pré-pagas canceladas até 1 hora antes da retirada, haverá retenção de 5% do valor total da sua reserva. Em casos de no-show (não comparecimento para a retirada do carro) ou solicitações de cancelamento após o horário estipulado, o valor retido será de 1 (uma) diária.

 

Adicionalmente às condições de cancelamento da Rentcars, algumas locadoras também cobram suas próprias taxas:


- Reservas realizadas com a locadora Sixt, canceladas com menos de 48 horas ou menos para a retirada, terão retenção de US$100 ou o valor total, o que for menor; reservas que ocorrerem no-show (não comparecimento) tem retenção do valor integral pré-pago;

- Se a sua reserva foi feita com a locadora Avis ou Budget, a taxa de no-show (não comparecimento) será o valor integral pré-pago em sua reserva;

- Com as locadoras Alamo, National e Enterprise, reservas canceladas com 1 hora para a retirada ou no-show (não comparecimento) será retido o valor integral pré-pago;

- Reservas com a locadora Routes, será retido o valor de uma diária da reserva em casos de cancelamentos com menos de uma 24 horas de antecedência para a retirada ou em casos de no-show (não comparecimento). 


*Devido a pandemia da COVID-19, o governo aprovou a Lei 14.046/2020, que permite às empresas do setor de turismo, efetuar o reembolso até a data de 31/12/2022, dos valores relativos aos serviços cancelados entre 01/01/2020 e 31/12/2021 em razão da Pandemia.*